Boa noite Dourado, terça 12 de dezembro de 2017

Buscar
Notícias

Turismo - Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017



Dourado está entre as 21 melhores cidades para Turismo Rural do Brasil, segundo especialistas


Dourado está entre as 21 melhores cidades para Turismo Rural do Brasil, segundo especialistas

Uma visão de: EXPEDIA BRASIL

 

Tranquilidade, lindas paisagens, ótimo ambiente para relaxar e boa gastronomia. Esses são apenas alguns dos atrativos do campo, que atrai cada vez mais turistas para cidades que ficam na rota do turismo rural. Assim, além de poder aprender sobre a cultura do destino, apreciar os pontos turísticos tradicionais e curtir o conforto dos hotéis, o turista ainda pode descansar e relaxar fazendo passeios pelo campo, respirando ar puro e recarregando as energias nos diversos sítios, fazendas e chácaras, naturalmente equipados com rios, lagoas, cachoeiras e muito verde.

Pensando em toda essa mordomia, combinamos uma lista de lugares que com certeza vão render memórias e fotos a perder de vista. Sem nenhuma ordem em particular, pegamos como base as cidades que mais se destacam e promovem o turismo rural no Brasil. Confira quanto coisa gostosa tem pra curtir nesses destinos incríveis:

 

1. Cabaceiras – Paraíba

Localizada na região do Cariri, parte árida do estado da Paraíba, Cabeceiras oferece um ambiente perfeito para quem quer descansar alguns dias ingressando na área rural do nordeste brasileiro. Com uma natureza exótica, a cidade já foi locação para mais de 30 documentários, incluindo o Auto da Compadecida. Os moradores locais a chamam de “Roliúde Nordestina”, mas além disso, quem visita Cabeceiras também conhece a cultura de uma das principais regiões rurais do Brasil tropical.

 

2. Gravatá – Pernambuco

Já ouviu falar da Suíça Pernambucana? É assim que é conhecida Gravatá, cidade há 80 quilômetros do Recife e um dos principais destinos de turismo rural no Agreste Pernambucano. A cidade atrai turistas de várias partes do Brasil também por ficar localizada no Planalto da Borborema, área montanhosa que fornece um clima com temperatura amena durante o ano inteiro. Além das paisagens naturais, a variedade de delícias gastronômicas é realmente uma atração à parte – destaque para o bode assado, o queijo coalho e o queijo manteiga.

 

3. Venda Nova do Imigrante – Espírito Santo

Berço do turismo rural no Brasil, a cidade conta com uma economia voltada para o café que envolve quase a totalidade da produção rural do município. Atualmente o turismo rural abrange 70 propriedades de 300 famílias que estão prontas para receber o turista que quer fazer de sua viagem um momento de descanso e aprendizado. A linda cachoeira do Alto Bananeira garante lindas fotos para o álbum de viagem.

 

4. Vassouras – Rio de Janeiro

A cidade dos barões de café do século XIX hoje se tornou um dos principais destinos turísticos na rota do turismo rural. Além da sua história impressionante, esse é um belíssimo lugar com muitas áreas arborizadas, verde e belíssima arquitetura. No campo, entre as inúmeras fazendas abertas para visitação está a famosa Cachoeira Grande, que funciona desde 1820 apresentando relíquias para serem admiradas pelos visitantes. Na agenda cultural, todos os anos em julho acontece o Festival do Café.

 

5. Bento Gonçalves – Rio Grande do Sul

Conhecida como a capital brasileira da uva e do vinho – nada mais justo do que a cidade sediar a Avaliação Nacional de Vinhos e o Concurso Internacional de Vinho. Enquanto a área urbana é tomada pela arquitetura de estilo europeu, no interior do município dá pra ser perder em meio aos parreirais que somem entre as paisagens da belíssima Serra Gaúcha. O Parque Temático Epopeia Italiana e as diversas vinícolas promovem tours super bacanas. No inverno, as baixas temperaturas e a possibilidade de neve também movimentam a cidade.

 

6. Lages – Santa Catarina

Localizada no sul do estado, Lages é uma das pioneiras no turismo rural. Desde 1980 fazendeiros da região passaram a abrir as porteiras de suas propriedades para a visitação. Atualmente, a cidade recebe aproximadamente 50 mil visitantes por ano que buscam vivenciar o cotidiano das fazendas e relaxar. A famosa Coxilha Rica – uma planície de 100 quilômetros com rios e campos verdes – usada pelos tropeiros como rota, é de tirar o chapéu.

 

7. Parelheiros – São Paulo

Os 35 quilômetros que separam o munícipio da agitação da grande metrópole é o que contribui para Parelheiros ter aquele clima interiorano e aconchegante. Reconhecida com um dos principais destinos na rota do turismo rural, a cidade oferece trilhas em áreas de mata preservada, passeios náuticos, chácaras de produtores e visitas à tribos indígenas. Aliás, uma alternativa é também se hospedar em um dos inúmeros hotéis em São Paulo e passar o dia em Parelheiros.

 

8. Atibaia – São Paulo

Famosa pelas plantações de flores e morangos, Atibaia oferece roteiros super bacanas para quem está a procura de uma programação interessante. Uma das atrações é a Pedra Grande, com 1.450 metros de altitude, propicia uma bela vista de toda a região. Há quase quatro décadas, a Festa das Flores e do Morango é sempre uma boa ideia para experimentar e admirar diversos produtos feitos pelos agricultores locais.

 

9. Dourado – São Paulo

Carinhosamente lembrada como a Cidade do Coração Paulista, Dourado se destaca pelo seu clima e as belezas naturais do cerrado. A tranquilidade da cidadezinha de apenas 9 mil habitantes contrasta com seus imponentes vales e colinas e pelas suas florestas que recheiam o relevo. Nas redondezas das propriedades rurais ainda é possível o contato com alguns animais silvestres.

 

10. Mococa – Minas Gerais

Uma das cidades mais tradicionais de Minas Gerais chama a atenção pela força no setor agrícola. Mococa integra a rota de turismo rural do país e também o Circuito Café com Leite. Todos os anos milhares de turistas visitam a cidade para conhecer suas fazendas históricas, fazer cavalgadas em meio aos cafezais e explorar o misto de beleza com a riqueza histórica do município.

 

11. Valinhos – São Paulo

Um paraíso para quem procura turismo rural! As mais de 400 chácaras produtoras de frutas levaram a cidade a receber os títulos de Capital Nacional do Figo Roxo e Terra da Goiaba. Os passeios pelas propriedades mostram todo o processo de produção, não só das frutas, mas também de doces, vinhos e licores. A natureza também foi generosa quanto as suas fontes de água mineral que, há muito tempo, são consideradas radioativas com benefícios à saúde.

 

12. Vinhedo – São Paulo

Ainda que orgulhosa de sediar, desde 1950, a famosa Festa da Uva e do Vinho, a cidade guarda tesouros em suas antigas propriedades e o charme da arquitetura de raízes europeias. Na rota rural, Vinhedo está inserida com o Memorial do Imigrante, a Adega Família Ferragut e o belíssimo Sítio Frediani, cheia de atrações imperdíveis.

 

13. Jundiaí – São Paulo

Sendo a quinta população rural do país, Jundiaí é um dos principais destinos de turismo rural do estado de São Paulo e faz questão de enfatizar suas dezenas de adegas com suas produções de vinhos centenários. Não é a toa que a cidade faz parte do Circuito de Adegas e ficou conhecida internacionalmente por ter servido seus vinhos aos Papas Bento XVI e Francisco quando visitaram o Brasil.

 

14. Itatiba – São Paulo 

Fazendas, sítios, chácaras, cachoeiras e lagos para pesca estão dentro de qualquer roteiro entre as inúmeras atrações de Itatiba. A “Princesa da Colina” ostenta suas paisagens e faz bonito no Circuito das Frutas como a cidade do caqui. A produção cafeeira deixou na zona rural traços fortes da arquitetura do século XIX que hoje é cenário para o turismo histórico-cultural.

 

15. Betim – Minas Gerais

Mesmo sendo um importante polo industrial de Minas Gerais, Betim é muito famosa pelas suas fazendas, alambiques e reservas naturais que fazem a alegria dos visitantes que buscam tranquilidade, conhecimento e momentos de contato com a natureza. Um dos destinos mais procurados pra quem procura onde ficar em Belo Horizonte, também é casa do Parque Ecológico Vale Verde e de artesãos de mão cheia.

 

16. Holambra – São Paulo 

Não é apenas no nome que Holambra lembra o país europeu. Graças a colonização holandesa a pequena cidade é famosa pelas flores e o charme singular do município. Na primavera a Exploflora – maior feira de flores da América Latina – toma conta da cidade e, durante o ano todo, o city tour visita as estufas, roseiras e campos floridos, que podem ser percorridos tanto a pé quanto de carro.

 

17. Campo Verde – Mato Grosso 

Não é à toa que Campo Verde recebeu esse nome. Além de sua maravilhosa estrutura hoteleira com seus famosos hotéis fazenda, a cidade também é conhecida como a Capital do Algodão, devido a forte produção no setor. Entre as deliciosas atividades no campo, destaque para cavalgadas no Assentamento Rural 14 de Agosto e os passeios pela usina de algodão e indústria de sementes do Grupo Bom Fruto.

 

18. Corumbá – Mato Grosso do Sul

Também conhecida como a Capital do Pantanal, Corumbá é uma das poucas cidades do Brasil que detém o privilégio de possuir um Centro Histórico integrado a natureza. Com uma fauna e flora incomparáveis, a maioria das pousadas pantaneiras e os hotéis rurais oferecem passeios para todas as idades e uma culinária recheada de sabores.

 

19. Valença – Rio de Janeiro

As várias fazendas remanescentes da época do Ciclo do Café enaltecem e contam a história dessa linda cidade carioca cheia de cultura. A Fazenda Pau D’Alho, por exemplo, oferece visitas guiadas para apreciação de seu conjunto de móveis franceses e sua usina hidrelétrica de 1921. As belezas do Vale do Paraíba também podem ser conferidas nas caminhadas pelos jardins arborizados das belíssimas propriedades rurais.

 

20. Rio das Flores – Rio de Janeiro

A vizinha de Valença também não deixa a desejar. As fazendas de café da região fluminense serrana são os principais cartões postais de Rio das Flores. Os bolos e doces produzidos artesanalmente nos antigos fogões a lenha também fazem parte dos circuitos pra conhecer as charmosas propriedades rurais. Conhecida como a “Jóia do Vale”, a Fazenda do Paraíso é uma das mais tradicionais.

 

21. Domingos Martins – Espírito Santo

Famoso pelas suas belas praias, o Espírito Santo vai além das águas do mar. Na região serrana do estado, o distrito de Domingos Martins guarda lembranças e tesouros da colonização dos imigrantes alemães e italianos – parece quase uma pequena cidade gaúcha infiltrada nas serras capixabas. As cavalgadas pelos sítios e fazendas é uma das atividades mais concorridas na região.

 

https://viajando.expedia.com.br/21-melhores-cidades-para-turismo-rural >> /

 

 

FacebookTwitterWhatsApp

voltar para a listagem de notícias...

Telefones PúblicosTELEFONES PÚBLICOS
Prefeitura Municipal de Dourado
  • (16) 3345-9000
Departamento de Saúde
  • (16) 3345-1159
Departamento de Educação
  • (16) 3345-1519

Ver todos os telefones...

Dourado

Rua Dr. Marques Ferreira, 591 - Centro
Dourado - SP - CEP 13590-000

Website Desenvolvido porKing Page - Fábrica de Software